“Aumentando a produtividade com desenvolvimento de máquinas: Vantagem competitiva ou questão de sobrevivência?”

No cenário atual brasileiro a gestão da produtividade está se tornando cada vez mais crucial e discutida nas empresas que se encontram em um ambiente de crescente globalização e competitividade. Uma empresa sem produtividade ou sem eficiência no processo produtivo, dificilmente será bem sucedida ou sobreviverá a essa nova era globalizada.


O que é produtividade?

A produtividade está relacionada com a capacidade dos fatores de produção (máquinas, pessoas, capital, dentre outros) para criar um produto e envolve diretamente a produção econômica, industrial e agrícola. Através dela é possível mensurar a eficiência e o desempenho de uma empresa, e essa característica não se refere apenas a uma vantagem competitiva, mas sim a uma questão de sobrevivência no mercado contemporâneo.

O enfoque desse texto é dado ao “mundo” da produção e seus aspectos operacionais, abordando o aspecto negativo da defasagem tecnológica de equipamentos e gargalos relacionados a falta de maquinário específico para a operação da manufatura nas empresas. Além de apresentarmos meios para facilitar o desenvolvimento de um novo maquinário.

Analisando a região sudeste brasileira, com enfoque ao estado de Minas Gerais, é perceptível as condições adversas com as quais as pequenas empresas convivem, maquinário de uso genérico, recursos limitados pela falta de tecnologia, com sua produtividade e sobrevivência comprometida.

Em um cenário desse tipo é possível analisar como é difícil para as empresas continuarem crescendo no mercado, diversas barreiras aparecem no processo de desenvolvimento, tanto financeiro quanto tecnológico. Adiante mostraremos um caminho de como contornar esses problemas de forma simples e eficaz.

Por que desenvolver um maquinário auxiliará no aumento de produtividade?

Um dos principais meios em desenvolver uma empresa usando a tecnologia ao seu favor, é o processo de desenvolver uma máquina nova, totalmente personalizada, atendendo demandas específicas para o processo produtivo da empresa, dessa forma, se diferenciando da concorrência. Além da diferenciação, evitará desperdícios durante o processo e o produto final sairá com muito mais qualidade.

Com um maquinário totalmente personalizado a uma demanda específica, será possível observar melhoras na produção, acarretando mais qualidade e processos produtivos padronizados. A economia de tempo se da através da possibilidade de otimização de processos, encurtando tempo de produção, setups e manutenções.

Outro fator importante é a mecanização de trabalhos manuais, assim, auxiliando operadores em processos cansativos e repetitivos, muitas vezes trazendo diversas consequências negativas. Com o desenvolvimento de um mecanismo para essas ações, os operadores desse processo, poderá ser alocado para outras áreas em que necessita maior número de colaboradores.

Mas afinal como posso aumentar a minha produtividade e desenvolver um maquinário novo?

Desenvolver uma nova máquina atendendo demandas específicas não é tão simples, é necessário um bom planejamento para se obter o melhor resultado, além disso, em um projeto com êxito, é fundamental muito estudo e validação durante todo o processo, pois colocar uma ideia nova em prática não é simplesmente elaborar um desenho. Sendo assim, mostraremos o melhor caminho para você, em como se desenvolver uma máquina inovadora.

 

1 - Analisar as demandas

O primeiro passo é analisar profundamente a demanda apresentada, colocando objetivos para concluir se é necessário ou não o desenvolvimento de um maquinário para suprir essa demanda. Nesse momento é necessário pensar em todas as partes do processo, pontuando quais serão as consequências positivas e negativas com a implementação de um novo maquinário, posteriormente, avaliar se o resultado será positivo para o desenvolvimento do projeto.

2 - Processos de funcionamento do maquinário

Após a analise das demandas, começa os estudos relacionado ao maquinário, a primeira parte se da a partir das especificações que a máquina ou equipamento deve atender, ou seja, determinar qual o objetivo do projeto e qual será a entrega final do mesmo. Conhecendo a principal função do maquinário, é essencial pensar em como serão executados os processos durante seu funcionamento, é aconselhável pensar em mais de uma opção para a solução, assim terão diversas possibilidades para alcançar o mesmo objetivo, dentre essa variedade, deve-se escolher a opção que melhor se encaixa para o funcionamento da máquina e que ela entregue o melhor resultado possível.

Com a função do maquinário ou equipamento bem definido, detendo conhecimento do que será entregue, além de definir quais serão os processos executados para o funcionamento satisfatório, o próximo passo é fazer estudos para a validação da ideia e dar início a parte técnica do projeto. 

undefined

3 - Estudos e viabilidade técnica

Definir um esboço da máquina é o início do terceiro passo, assim a ideia começa a se tornar mais palpável e proporciona um bom direcionamento para começar os estudos a serem realizados.

Para validar o esboço, é essencial fazer cálculos para definir se a máquina funcionará de maneira correta. São feitos cálculos para definir quantos e quais serão os componentes, além de dimensioná-los, sempre se atentando em relação ao custo-benefício dos componentes e materiais a serem utilizados.

Outros estudos também devem ser feitos para que se tenha o projeto mais completo, são eles:

4 - Modelagem 3D

Após os estudos feitos e o projeto de máquina validado, começa a etapa de modelagem em 3D do maquinário em softwares especializados, assim será possível ter noção de como ficará o resultado final do projeto. Com a modelagem 3D, há a possibilidade de fazer simulações para validar os cálculos e as disposições dos componentes, verificando se o resultado final será satisfatório. Após a simulação mostrar um resultado positivo, serão emitidos os desenhos técnicos para possibilitar a fabricação dos componentes.

5 - Manual de montagem

É essencial finalizar o projeto confeccionando um manual de montagem, pois quando o assunto é maquinário, são diversos componentes para a montagem final da máquina, um erro no processo de montagem pode danificar a máquina por inteiro, assim necessitando fazer um retrabalho e aumentando custos, além do tempo para todo esse processo.

Nesse manual deve conter todos os componentes que estarão presentes no maquinário, além de definir dimensões e materiais utilizados. Com os componentes listados, será feito instruções e passo a passo para a montagem final da máquina.

6 - Conte com pessoas de confiança

É de extrema importância buscar empresas com experiência no mercado, pois desenvolver um maquinário pode se tornar uma tarefa muito complexa, por isso profissionais capacitados para realizarem tais projetos é o mais indicado. Assim, evita-se custos e gastos com tempo desnecessariamente.

No que diz respeito ao desenvolvimento e aperfeiçoamento de maquinário de alta qualidade as empresas de consultoria mecânica se destacam, já que produzem um item totalmente inovador não encontrado no mercado e com ênfase no atendimento das necessidades do cliente.

Há inúmeras vantagens em contratar o serviço de desenvolvimento de máquinas, desde a aprimoração do processo produtivo até o maior desempenho industrial da sua empresa, com maior qualidade, eficiência e agilidade! Quer saber mais sobre esse serviço ou conhecer as inúmeras vantagens de se investir em maquinário?

Acesse nosso site e fale com um de nossos consultores.


Guilherme Furuya

Aqui fica o conteúdo do Post...Aceita HTML, portanto você pode montar o conteúdo do jeito que quiser!!!

#htmlPersonalizado#